Silvio Guerini

Não existe outro hoje senão o agora!

Textos

Discurso Paraninfo de Formandos do SENAI * Junho 2006

Boa noite a todos!

Prezados colegas da mesa! Prezados formandos!

Em 1º lugar, quero deixar o registro de que é uma tremenda honra estar aqui, sendo o paraninfo de vocês, representando a Itautec, empresa onde trabalho há 23 anos.

Bom, já peço desculpas antecipadas, pois como é a 1ª vez que estou sendo um paraninfo de uma turma de formandos, posso vir a cometer alguma gafe e, por este motivo e, em virtude de achar que o que vocês menos desejam neste momento é ficar ouvindo um desconhecido falar por horas e horas a fio, prometo ser breve e, para não me perder em eventuais devaneios, pois tenho no meu currículo a inusitada carreira, recentemente iniciada, de poeta, irei ler as palavras que pretendo deixar na memória de vocês.

A bem da verdade, neste tipo de solenidade o nosso papel é o de meros coadjuvantes. Evidentemente, ao longo dos anos que vocês estiveram na escola, os professores, assistentes e todo o pessoal que garantiu a vocês um ambiente adequado para o vosso aprendizado, foram peças fundamentais neste jogo! Mas agora... etapas todas cumpridas... vocês passam a ser os astros principais!

E assim, nos cabe simplesmente, procurar deixar uma mensagem derradeira que deve servir como uma benção final para esse novo começo na vida de cada um de vocês.

Com isso em mente, procurei na minha própria vida e em algumas solenidades semelhantes a esta pelas quais já passei o que, de fato, seria importante para deixar como tal benção para todos!

Resumindo minha vida em uma oração: me formei técnico eletrônico na ETI Lauro Gomes em 1977, trabalhei um tempo na VASP (naquela época era uma grande empresa); tive a oportunidade de fazer um curso de engenharia e me formei Engº. Eletrônico pela Escola de Engª. Mauá e, quando me formei, entrei no Grupo Itaúsa, mais precisamente, na Itautec, onde trabalho a mais de 23 anos e, há cerca de 2 anos, conclui um Curso de MBA em Gestão Empresarial na Fundação Getúlio Vargas... e, sinceramente, não pretendo parar por aqui...

E ao longo deste tempo todo, evidentemente, passei por momentos gratificantes, por momentos não tão glamourosos, tive que contratar pessoas, demitir pessoas, tive que engolir sapos... e como são indigestos... mas também tive ótimas “refeições”... tive que encaminhar pessoas na vida servindo, não raro, além de “chefe”, como amigo... e até como pai, afinal, nossa existência nesta Terra é uma coisa única e trabalho e família, ambições e sonhos, o dia e a noite... estão dentro do mesmo barco... chamado VIDA !

E ao executar cada uma destas coisas sempre tive 3 elementos presentes dentro de mim... presentes na minha mente (que pensa e me faz raciocinar)... presentes no meu coração (que sente e me faz ser, de fato, ser humano)... presentes nas minhas mãos (que faz, realiza, e deixa minha marca nas coisas que faço)...

E é justamente sobre cada um destes três elementos que desejo, agora, abordar suas essências, esperando que, se tudo o que eu disser neste instante sumir de vossas mentes daqui a pouco, que estas 3 palavras permaneçam...

Sonho... Ética... Tesão...

Gente! Lembrem-se disso para o resto de vossas vidas!

Em cada coisa que fizermos... simples ou complexa... não tem importância... quer em nossas vidas pessoais, quer em nossas carreiras, sempre deveremos ter estas 3 palavras em nossas mentes... em nossos corações... e na palma de nossas mãos!

Sonhos, pois quando o homem para de sonhar ele pode se deitar, pois certamente já morreu! É claro que vivemos num mundo real e material, mas temos que ter em nossas vidas algo porque lutar, algo pra buscar no amanhã, algo que mantenha nossos espíritos jovens e arrojados... e esse algo nada mais é do que os nossos sonhos!

Ética, pois como não existe uma mulher “meio-grávida” também não existe um “sujeito meio-honesto”! Tem coisas na vida que “ou é ou não é!”. É claro que vivemos, atualmente, num mundo um tanto cruel neste sentido, vendo pessoas que deveriam nos dar exemplos positivos, tais como, autoridades, políticos, religiosos, etc., lançando mão de ações discutíveis, mas creiam: seja íntegro, seja sempre honesto e seja realmente ético em tudo o que fizer, pois só assim poderá chegar no final do dia e colocar vossa cabeça, em paz, no travesseiro... e dormir o sonho dos justos! Não importa se teu vizinho, teu colega, façam errado... faça você o certo... sempre... seja ético !

E finalmente, o 3º elemento:

Tesão, pois sem esse sentimento interiorizado, que é tão difícil de se definir, mas que precisa existir, nada do que fizermos terá graça ou nos trará recompensas (que não precisam ser necessariamente recompensas materiais... ou dinheiro, mas sim, aquele negócio delicioso que sentimos em nosso íntimo quando finalizamos algo com sucesso e prazer). A gente precisa sentir prazer ao fazer as coisas! Não importa se estivermos de mau-humor naquele momento... ou se o dinheiro não estiver abundante naquele instante... ou se, momentaneamente, estivermos desmotivados... pois o que vale mesmo é que, quando nos lançarmos na realização de cada coisa... neste instante... devemos respirar fundo e encher nossos espíritos de tesão... de prazer... de vontade... pois só assim, conseguiremos dentro da ética, realizar todos os nossos sonhos... sejam eles quais forem !!!

E outra coisa fundamental: só assim deixaremos a nossa marca, de um modo definitivo e elevado, em tudo o que fizermos... pois só assim, deixaremos um legado que será, para nós motivo de prazer e sensação de dever cumprido... e como motivo de orgulho para aqueles que nos são caros!

Chegou a hora colegas!!!

A partir de agora vocês não são mais formandos... São profissionais!!!

Vão e vençam!!!

Realizem os vossos sonhos!!!

Deixem vossas marcas positivas neste mundo!!!

Que Deus os abençoe!


23 de junho de 2006
Silvio Guerini
Enviado por Silvio Guerini em 22/12/2007
Alterado em 22/12/2007
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e link para o site www.silvioguerini.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras