Silvio Guerini

Não existe outro hoje senão o agora!

Textos

Doce Torpedo nº.00

Já se foi o tempo de ficar lambendo selos
colocar a carta no correio
e ficar esperando semanas até que a resposta voltasse.
A modernidade acaba oferecendo
a cada dia que passa
meios mais rápidos e eficientes pra aproximar... as pessoas ...
inimigos...
amigos...
parentes...
clientes...
conhecidos...
desconhecidos...
pessoas distantes...
amantes...
E como todo mundo neste mundo tem um celular
já deve ter mandado
ou recebido um torpedo
texto curto
algo em torno de 150 letras
e que, por isso mesmo
precisa ser objetivo e contundente.
Um desafio para os falantes...
uma tortura para os dispersivos...
E por isso mesmo vou começar uma série de poemas curtos e grossos!
Poemas para caber em torpedos!
Pode até parecer besteira
uma idéia maluca 
brincadeira
ou talvez até ganhe dinheiro com isso
mas para um poeta
aonde couber um punhadinho de letras que seja
lá será seu picadeiro, também
onde destila sua magia
onde escreve o que sente
para mostrar a sua poesia... 


14 de junnho de 2006
guerinis@uol.com.br
Silvio Guerini
Enviado por Silvio Guerini em 15/12/2007
Alterado em 16/12/2007
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e link para o site www.silvioguerini.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras